Dicas para os Diabéticos curtirem a folia, sem passar dos limites

Posted · Add Comment

Para quem acha que exagerou nesse Carnaval, prometeu que “nunca mais” vai fazer algo parecido ou vai pra Bloquinho nesse Final de Semana, temos aqui algumas dicas, tanto para Diabéticos, quanto para qualquer pessoa que não quer se arrepender da folia.

Para Diabéticos:

  1. Glicose
    Certifique-se de que o controle de sua glicose está bom e qualquer outra condição de sua saúde que possa comprometer o seu bem-estar.
  2. Medicamentos
    Verifique se seus medicamentos estão na quantidade necessária para o período de carnaval.
  3. Alimentação
    Viajando ou permanecendo em casa, tenha os alimentos necessários para manter uma alimentação saudável. Mantenha as refeições nos horários habituais e se isso não for possível, tenha sempre disponível um lanche que lhe permita aguardar a próxima refeição.
  4. Hidratação
    Beba de 2 a 3 litros de líquidos ao longo do dia, preferivelmente água. Caso ingerir sucos, lembre-se de dilui-los em água e de contabilizar as frutas na sua cota diária conforme orientação da nutricionista.
  5. Bebida Alcoólica
    Cheque com seu médico se seu controle atual do diabetes permite a ingesta alcoólica. Se consumir, faça em pequena quantidade.
  6. Calçado
    Lesões de pé são frequentes no Carnaval e é sempre bom prevenir. Use um calçado adequado e não ande descalço.
  7. Cartão do paciente Diabético
    Para poder curtir tranquilamente o carnaval, ande sempre com o seu cartão de identificação devidamente preenchido. Ele é útil em situações inesperadas, como nos casos de acidentes e hipoglicemias, em que a perda da consciência pode ocorrer em locais públicos.

 

Dicas para todos

  • Roupas: Use roupas leves, como as de algodão, que não retêm a transpiração e são mais adequadas para as temperaturas elevadas.
  • Hidratação: Tome muita água durante a folia, principalmente na rua, sob sol e calor excessivo, o corpo desidrata rapidamente, a reposição de líquidos ajuda  tanto para repor hidratação, quanto para diminuir os sintomas de ressaca. Sobre sintomas de Desidratação: os mais óbvios são a sede e a urina escura. O porém é que nem sempre os sinais são claros — idosos, por exemplo, podem ter esses mecanismos comprometidos.
  • Bebidas alcoólicas: Já falamos este mês sobre o excesso de bebidas alcoólicas e a patologia de alcoolismo. No Carnaval a ingestão de bebidas alcoólicas sobe, e o excesso pode ser perigoso. O mito de que o álcool evapora é mentira, tanto na urina quanto no suor o que é eliminado é água, e não álcool, além de que a bebida ajuda na desidratação, piorando a sensação de embriagues e ressaca.

Se tiver algum sintoma diferente, se houver desmaio ou alguma reação mais frequente, procure seu médico para verificar como está sua saúde.

Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/carnaval-o-manual-para-resistir-ate-o-ultimo-bloco-e-evitar-doencas/

Fonte: https://www.diabetes.org.br/publico/ultimas/501-folia-com-saude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Dra Claudia Yamazaki

Endocrinologista - CRM 81989
Especialista em Doenças da Tiroide

endocrino@claudiayamazaki.com.br

Veja Mais